7 razões pelas quais o seu negócio precisa de um website.

Muitas empresas, especialmente as novas, optam por começar com um plano que considerem ágil, simples de executar. Concentram-se nos assuntos que veem como urgentes, e optam por gastar dinheiro apenas quando é mesmo necessário, sem analisarem as razões pelas quais o seu negócio precisa de um website.

Em casos como este, torna-se fácil perceber o porquê de alguns empreendedores considerarem que um website é um investimento de luxo, com o qual podem viver sem. Podem até acreditar que uma página no Facebook é suficiente para garantir a sua presença online, que um flyer com o seu contacto vai gerar chamadas, ou que um comercial vai garantir a venda dos seus produtos.

Mas a verdade é que um website é a melhor forma para apresentarmos o nosso negócio.

Um website profissional não é um investimento de luxo ou um esforço inconsequente — é uma ferramenta acessível, fundamental, de que todas as empresas precisam.

Com as soluções integradas da Digy o seu website está à distância de um clique! Fale com a nossa equipa sobre o seu projeto e vamos trabalhar na melhor solução para o seu negócio. Ligue já!

Razões pelas quais as empresas precisam de um website profissional

 

7 razões pelas quais o seu negócio precisa de um website 

Se ainda não tem a certeza de que um website é o que o seu negócio precisa, considere estes sete motivos pelos quais a sua empresa precisa de um website:

  1. Atua como uma âncora para o seu marketing.
  2. Promove e vende os seus serviços ou produtos.
  3. Conectar-se a novos clientes (e manter os clientes existentes).
  4. Ajuda a competir com grandes marcas.
  5. Cria credibilidade.
  6. Permite controlar o seu rumo online.
  7. É simples de obter!

Vejamos porque cada um destes motivos é importante, e do que precisa para que o seu negócio tenha um website profissional para que comece a colher benefícios.

 

Com a Digy nunca foi tão fácil ver o seu negócio online

 

1. Utilize o seu website como uma âncora para o seu marketing.

O seu plano de marketing deve começar e terminar no seu website.

É o local onde deve focar todos os objetivos do seu negócio e todas as campanhas de marketing. É onde os seus potenciais clientes podem ir aprender sobre a sua marca. E é para onde todas as ações de marketing devem direcionar os seus clientes.

Antes de imprimir um único cartão de visita ou de investir em publicidade, obtenha um website.

Aqui estão algumas das maneiras de como pode usar um website como uma âncora para o seu plano de marketing.

 

Assuma o controlo na sua marca digital.

Ao obter um website para o seu negócio, vai obter também mais controlo. Para além de oferecer o seu espaço online aos seus clientes, oferece também uma plataforma onde vai informar os seus potenciais clientes sobre o seu negócio: o que faz, porque o faz, e para quem o faz.

Do ponto de vista da criação e comunicação da sua marca, isto é de extrema importância.

 

Coloque todas as informações importantes num único lugar.

Utilize o seu website como um recurso para que os seus clientes possam visitá-lo de forma a obterem todos os detalhes necessários sobre si. Adicione informações como:

  • A sua morada
  • O seu número de telefone
  • Um formulário de contacto ou o seu e-mail
  • Uma lista de serviços ou produtos
  • Preços
  • Promoções e ofertas
  • Eventos

 

Crie um objetivo final para as suas ações de marketing.

Ao garantir que o seu negócio tem um website, vai garantir também que as suas campanhas de marketing têm um destino.

Vai optar por um anúncio no Facebook? Termine-o com um convite para visitarem o seu website. Vai imprimir flyers para distribuir num evento? Acrescente o seu website para que as pessoas o visitem e saibam tudo sobre o seu negócio!

Um website é a porta de entrada para a sua marca.

Você é o proprietário do seu website. É quem o controla e é quem agora pode utilizá-lo para orientar e apoiar todas as campanhas e ações de marketing.

 

2. Promove e vende os seus serviços ou produtos.

O seu website em todo o lado

 

O seu website pode funcionar como um flyer digital, que compartilha informações atualizadas sobre as suas ofertas, e que atua como uma ferramenta de vendas diretas. 

É como ter uma equipa de vendas a trabalhar 24 horas, mesmo quando a empresa está, supostamente, fechada.

Além disso, pode atualizar as informações do seu negócio em tempo real — sem ter de esperar ou de investir em novas impressões.

Para além de adicionar uma lista dos seus produtos ou um menu com os seus serviços, pode adicionar outros elementos ao seu website para que este o ajude com as vendas:

 

Loja de vendas online

Quando o seu website integra um sistema de vendas online, isso vai permitir que concretize negócios com os seus clientes, diretamente no seu website. Os clientes poderão visitar o seu website e fazer compras diretamente do seu espaço, da sua loja online. Esta integração atua como ferramenta de marketing e vendas.

Ao configurar uma loja online, os seguintes elementos deverão ser garantidos para permitir que os seus clientes comprem os seus produtos ou serviços, diretamente no seu website:

  • Sistema de pagamento
  • Gestão de inventário
  • Opções de envio
  • Segurança do website (certificado SSL)
  • Opções de pesquisa
  • Integração com CRM (gestão de clientes)
  • Ferramentas para criação de ofertas e descontos
  • Relatórios e análise
  • Opinião dos clientes
  • Página de contacto
  • Perguntas frequentes
 

Não é dispendioso garantir estes elementos no seu website. Consulte as soluções integradas da Digy e comece já a usufruir de todos os benefícios de ter uma loja online!

Nota do editor: acrescente à sua liste de leitura o nosso artigo “Entenda porque uma loja online é um bom investimento em tempos de crise!”.

 

Calendário de reservas online

Agendamento on-line de compromissos

Se o seu negócio se foca na venda de serviços, o seu website continua a ser um recurso eficaz para ajudar os seus clientes a darem o primeiro passo, ao permitir que agendem um compromisso ou reservem uma mesa.

Por exemplo, um spa pode criar um website de serviços, com massagens terapêuticas, que permita que os seus clientes agendem uma sessão.

Todos os clientes adoram comodidade e odeiam ter de passar pelo processo de agendamento convencional — por telefone, por email ou presencial.

Um website feito à medida do seu negócio vai facilitar a relação e comunicação com os seus clientes, e vai simplificar todo o processo de venda, para si e para o seu cliente.

 

Geração de leads

Um website vai ajudá-lo não só a concretizar vendas mas também a definir ações que o vão levar a originar mais vendas.

Ter uma opção que permita que os visitantes do seu website adicionem o email à sua lista de contactos, vai dar-lhe uma base de dados cheio de potenciais clientes. (Vamos voltar a este tema um pouco à frente.) 

 

Portfólio

Muitos clientes procuram recolher o máximo de informação sobre uma marca antes de optarem por comprar um serviço ou produto.

Ajude os seus clientes a obter as informações que procuram, ao adicionar um portfólio que inclui detalhes e imagens dos seus projetos.

Por exemplo, uma empresa de construção civil pode usar um website para incluir vídeos antes e depois dos seus projetos — uma excelente maneira de mostrar aos clientes do que a empresa é capaz.

 

A página “Sobre”

Na procura de informações antes de decidirem negociar consigo, muitos clientes procuram saber mais sobre o que a sua empresa representa e quem está por trás dela.

O seu website pode ser útil nesse sentido, ao incluir uma página em que apresenta a sua marca, fala sobre os seus valores e missão, a sua história e objetivos.

Por exemplo, o website de um professor pode informar possíveis alunos sobre o que o motiva e sobre o seu processo de ensino. Pode falar sobre o seu contexto e caminho — onde estudou, as suas qualificações, certificações, e interesses, e até incluir imagens ou um vídeo para ajudar os alunos interessados a conhecê-lo melhor.

 

Um blog ativo

Um blog é outra maneira de permitir que os seus clientes fiquem a saber mais sobre o seu negócio (e os seus produtos e serviços).

Pode partilhar uma grande quantidade de conteúdo que mostra a sua experiência no setor, como um cliente pode tirar o máximo proveito dos seus produtos ou revelar a intenção sobre os seus serviços.

Para além disso, ter um blog com conteúdo atualizado pode aumentar a sua classificação na pesquisa em motores de busca, como o Google.

 
 

 

3. Conectar-se com novos clientes (e manter os clientes existentes)

Cada vez mais as pessoas recorrem à Internet quando procuram uma solução. Ao ter um website, significa que vai estar presente quando as pessoas pesquisarem por uma solução para o problema delas, e na altura de escolher, a sua marca estará na lista de opções!

O seu website vai permitir que novos clientes o encontrem.

É global a ideia de que, quando as pessoas querem encontrar algo elas vão pesquisar no Google. E atualmente, não basta dizer que o Google é apenas um “motor de pesquisa” — na verdade, mais parece que se tornou numa espécie de guardião da informação digital de todo o mundo! E com toda a influência que tem sobre as pessoas, é uma excelente ideia garantir que a sua empresa seja incluída nos resultados de pesquisa do Google, mas se a sua empresa não tiver um website, infelizmente não terá controlo nenhum sobre este assunto.

 

Use o seu website para manter os seus clientes envolvidos e informados

Não nos devemos esquecer dos clientes que já foram conquistados.

Ter um website permite que os seus clientes tenham uma forma de entrar em contacto com a sua marca, 24/7.

Nunca se sabe quando alguém pode precisar dos seus serviços e, sem um website e uma forma de contacto prática e eficiente, pode perder negócios até com pessoas que já o conhecem. Imagine o seguinte: você é um joalheiro local. Você tem dois clientes fantásticos, o Miguel e a Luísa, que compraram as alianças na sua ourivesaria há alguns meses. O Miguel, ainda que ame a sua linda nova esposa, é muito distraído e esqueceu-se de que o aniversário de Luísa é apenas daqui a duas semanas — e acaba de se lembrar, às 23h00 de uma sexta-feira.

Ao não ter acesso ao website da sua ourivesaria, o Miguel terá que esperar por segunda-feira para fazer o seu pedido, o que pode causar desconforto e até fazê-lo optar por outra loja. Ao ter acesso ao seu website, o Miguel iria simplesmente criar uma conta e comprar a pulseira que a Luísa anda a namorar há meses na sua loja. Resumo: crise evitada para o Miguel; um cliente leal para si!

 

Um website gera leads

Além de ajudar a atrair novos clientes e a manter clientes existentes, o seu website pode ainda ajudá-lo com os clientes que se enquadram noutros lugares. Explicamos de seguida.

O seu website pode ajudá-lo a gerar leads de potenciais clientes e convertê-los em clientes que compram.

Para gerar leads no seu site, pode adicionar uma oferta em caso de subscrição, como um cupão de desconto, um e-book gratuito, uma participação num concurso, entre outros. A ideia é que exija que o cliente insira as informações solicitadas, por exemplo, nome e email, em troca da oferta.

Após ter acesso às informações de contacto do potencial cliente, continue a trabalhá-lo através de campanhas de email marketing.

Esta abordagem permite que use o seu website para estabelecer uma relação duradoura com os visitantes do website que ainda não estão prontos para comprar e trabalhar esse relacionamento para que eles eventualmente optem por comprar na sua marca.

 

4. Competir com grandes marcas

Um equívoco sobre websites é que eles servem apenas para grandes empresas com públicos em todo o mundo. Mas, na verdade, os websites são tão, ou até mais, benéficos para as pequenas empresas.

Os websites oferecem uma grande oportunidade para que as empresas locais se conectem com os clientes locais. Um estudo da Mastercard sobre o comportamento dos portugueses relativo ao comércio online revelou que 70% da população faz compras online, e 30% fazem-no pelo menos uma vez por mês.

Os motores de pesquisa priorizam e classificam os resultados de acordo com o local, o que é um benefício para as empresas que atuem localmente.

 

Com a pesquisa local, ao procurar por “lojas de calçado perto de mim”, o Google não vai apresentar um resultado em Nova York (a não ser, é claro, que more em Nova York). O Google vai usar a pesquisa local para apresentar uma lista de lojas próxima do local definido.

 

 

Sugestão de leitura: Como funciona o SEO?

 

 

O que é a pesquisa local?

A pesquisa local refere-se ao algoritmo de pesquisa do Google pensado para mostrar apenas os resultados próximos a um usuário. Ao fornecer resultados vai considerar a relevância, a distância e o destaque.

Em vez de apresentar websites com maior influência (como os de uma grande marca), o Google vai mostrar empresas locais relevantes, próximas ao usuário, relacionadas com a pesquisa, processo que ajuda as pequenas empresas a se destacarem junto dos potenciais clientes locais.

 

O seu website na pesquisa local

O seu website no mapa, para os seus clientes locais

Existem algumas etapas a serem seguidas para ajudar a sua empresa a aparecer na pesquisa local, incluindo:

  1. Crie uma página Google My Business e adicione o seu website.
  2. Adicione a sua empresa ao diretório de empresas e adicione o seu website.
  3. Verifique se os seus contactos são consistentes em toda a Internet. 
  4. Adicione a morada da sua empresa ao rodapé do seu website.

É bastante claro — uma presença online traz grandes benefícios, mesmo para pequenas empresas que negociam localmente. Não importa qual é o seu local, pode começar já a atrair clientes com um website eficiente!

Pode ler mais sobre este tema aqui: Os segredos dos pequenos negócios para competirem com as grandes empresas.

 

5. Construa a credibilidade da sua empresa através do seu website

Um website faz com que a sua marca pareça legítima, séria e credível. Sem ele, os clientes não conseguem encontrá-lo, e não vão conseguir aprender a confiar na sua empresa.

Não aparecer nos resultados de pesquisa (ou na Internet) é uma das maneiras mais rápidas de perder credibilidade como empresa.

Isto vai fazer com que a sua empresa pareça antiquada, indisponível e até duvidosa. Mesmo que consiga garantir que os seus clientes falam da sua marca, pode estar a perder imensas oportunidades. Os clientes satisfeitos são rápidos a partilhar com outras pessoas o que acham sobre o seu negócio, mas e os contactos que ainda não experimentaram os seus serviços? Eles vão procurar na internet, e ao ficarem de mãos vazias, você terá perdido a oportunidade de os conquistar.

Os websites fazem ainda com que as empresas pareçam mais legítimas. Os usuários podem visitar o seu website e ficar com uma ideia de que tipo de negócio se trata, e à partida, tornarem-se seus clientes. Pode ainda garantir alguns elementos que tornam a sua marca ainda mais credível.

 

Elementos que contribuem para a sua credibilidade

Crie mais credibilidade em torno da sua marca. Garanta que o seu website inclui os seguintes elementos:

Fotografias originais: não carregue o seu website com imagens compradas. Opte por tirar fotografias genuínas, originais da sua empresa, equipa, produtos ou serviços!

Antes e depois: use fotografias para mostrar o valor e a qualidade do seu trabalho. Inclua fotos antes e depois do que pode ser feito através dos seus serviços.

Testemunhos: reúna críticas e declarações de clientes e publique-as juntamente com uma fotografia do cliente.

Logótipos de clientes: se trabalha num formato B2B (business to business) permita que os futuros clientes vejam os clientes com quem trabalha. Inclua logótipos de clientes com quem você trabalhou ou colaborou.

Logótipos de parcerias: inclua também logótipos de empresas ou associações com as quais tem parcerias.

Certificado SSL e logótipos de segurança: adicione um certificado SSL ao seu website para garantir a ideia de segurança ao navegar e utilizar o seu website, garantindo que os clientes compartilham os seus detalhes pessoais confortavelmente. Exiba também os logótipos do tipo de softwares de segurança usados para proteger as informações do website, o que vai fazer com que os seus clientes confiem no seu website à medida que fornecem detalhes confidenciais.

Links para perfis das redes sociais: inclua links para os seus perfis sociais, de forma a que os seus clientes possam visitar as outras plataformas, e obterem assim mais confirmações de que se trata de uma empresa confiável, ativa e envolvida.

Blog informativo: para fazer com que os seus clientes confiem na sua empresa, mostre-lhes um pouco do seu conhecimento através de artigos de blog. Compartilhar o seu conhecimento vai ajudar os seus clientes a reunirem informação relevante, vai-lhes dar também um motivo para que visitem o seu website e vai fazer com que o vejam como uma referência no seu sector.

Página de termos e condições: na parte inferior do website deve incluir um link para a página de termos e condições e para a política de privacidade. Estas páginas agem como um acordo entre a marca e os visitantes do website e permitem que diga ao público o que está a ser feito com as informações recolhidas. Fornecem ainda informações sobre o uso do website e a marca.

 

Elementos do website que anulam a credibilidade

Por outro lado, existem coisas que podem estar no seu website e que podem reduzir a sua credibilidade. Deve evitar os seguintes elementos no seu website:

  • Informações desatualizadas
  • Informações incorretas
  • Erros de funcionamento do website
  • Erros de ortografia e gramática
  • Layout antigo e desatualizado

Garanta que mantém o website da sua empresa rápido e atualizado, a funcionar de uma forma eficiente, para não perder a confiança dos seus clientes enquanto navegam pela sua empresa.

Leia mais em: Saiba porque é importante manter o seu website atualizado.

 

 

6. Controle o seu destino online

Quando administra o seu website, você controla o conteúdo que produz e como mantém a plataforma. Essa propriedade oferece dois grandes benefícios e pode ser feita de diferentes formas.

 

 

Pode controlar as informações da sua marca

Se a sua empresa conta com uma plataforma externa para a sua presença na web, vai ficar sujeito às regras deles. Pode confiar em websites de avaliação como o Yelp como a única forma para os seus clientes o encontram, mas vai estar a arriscar muito: críticas negativas, informações de contacto incorretas e, como já visto, nenhuma outra maneira de encontrar mais informações sobre o seu negócio. É ainda uma opção que não vai comunicar a visão e identidade da sua marca.

Ter um website significa controlar o que o público vê sobre o seu negócio.

Controle a história da sua marca e garanta que apenas as informações corretas sobre a sua empresa são apresentadas aos clientes.

 

Controle a sua plataforma

De forma a contornar a necessidade de um website, algumas empresas garantem a sua presença no Facebook, no Instagram ou no Youtube. Essas empresas acreditam que vão obter o mesmo retorno que as empresas que desenvolveram a sua própria plataforma. Mas isso pode ser um grande erro.

Ao usar outras plataformas fica restrito às condições e características dos outros. São eles que possuem a sua plataforma, não você.

Portanto, se as condições da plataforma mudarem, se a plataforma desaparecer ou simplesmente decidirem que não já não querem incluir a sua empresa — eles têm esse direito. A sua plataforma pode desaparecer sem que o possa impedir.

Ao criar o seu próprio website, é você quem controla tudo! Nenhuma outra marca vai controlar a sua plataforma ou as suas informações.

 

7. Na Digy tratamos de tudo!

Na Digy vai encontrar uma equipa de profissionais com conhecimento e experiência, com preços muito competitivos e com respostas a todas as necessidades que o seu negócio possa ter. O que nos caracteriza? Vamos ver:

 

Experiência e know-how

Criar websites responsivos, rápidos e eficazes. Afinal, é preciso entender programação, padrões da web e sobre design! Na Digy garantimos que o seu cliente tem uma experiência que o vai querer voltar a visitar o seu negócio online.

 

Ao desenvolvermos o website para o seu negócio vamos analisar as suas necessidades e qual o melhor modo de atingir os seus objectivos. Isto permite-nos prever erros, bem como na incorporação de soluções complementares.

 

Vamos também ajudá-lo com a seleção do domínio e com a contratação de serviços de alojamento e configuração de emails!

 

Processos definidos

Criar um website, tal como com qualquer produto ou serviço, é um processo que exige a elaboração de um plano. Isto garante que o seu projeto progrida de modo fluído, desde a conceção ao lançamento! Permite-nos ainda que detalhes importantes não sejam esquecidos e que todos os recursos sejam implementados.

 

Recursos que atendem as mais diversas exigências

Ao colocarmos o seu negócio online queremos garantir a presença online mais eficaz para o seu negócio. Na Digy temos a equipa com uma visão de mercado com as mais diversas estratégias e soluções para que o seu website seja supereficiente.

 

Dependendo do seu projeto, pode ser que outros serviços precisem ser integrados, como branding, fotografia e vídeo, copywriting ou gestão de redes sociais, e na Digy encontrará todos estes serviços!

 

Garantia do melhor resultado final

Ao contratar a Digy garante que todas as soluções e elementos implementados no seu website são pensados para que lhe tragam os resultados que deseja.

 

Muito além de um código com textos, vídeos e imagens atrativas, a criação de websites profissionais vai reunir ainda tudo o que uma empresa precisa, como dinamismo, recursos de navegação, escolha dos melhores servidores e, claro, um design único que comunique eficazmente com o seu cliente.


 

Vamos colocar o seu negócio online? 

Agora que já sabe os motivos pelos quais o seu negócio precisa de um website, fale com a Digy, e comece já o seu projeto! Promova a sua empresa da maneira certa, com um website feito à sua medida.

Se tiver dúvidas sobre o tipo de serviço a contratar, não deixe de falar connosco! Temos todo em ajudar, mesmo que não seja nosso cliente. Estamos ao seu dispor.

0 Points


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *