Como funciona o SEO? Nós explicamos.

Um estudo da PSE mostra que cerca de 26% do volume total de pesquisas feitas pelos portugueses destina-se à análise de produtos e serviços e respetivos preço, e por isso, se está a ponderar entrar no mundo online ou se já tem um website que luta para atrair mais visitas, está no sítio certo! Neste artigo, vamos perceber como funciona o SEO e como este pode mudar o cenário da sua empresa.

SEO significa Search Engine Optimization, ou melhor, Otimização para Motores de Busca.

Com a intensa presença da Internet, o comportamento do consumidor foi-se adaptando à pesquisa online. E se a sua empresa ainda não está online, é muito provável que a seu negócio seja totalmente invisível para muitos potenciais clientes.

 

Nota do editor: Não sabe como lançar a sua empresa digitalmente? Procura obter um website ou uma loja online, feita à sua medida? Deixe a equipa da Digy tratar de tudo por si  – fale connosco!

 

As três principais abordagens quando se trabalha com SEO

Em termos gerais são três as áreas em que atuamos quando se trata de otimização para motores de busca:

  1. SEO técnico;
  2. SEO interno (on-page);
  3. SEO externo (off-page).

A maioria das pessoas não vai além da primeira página dos resultados de pesquisa, e por isso devemos fazer todos os possíveis para garantir que o seu website surge lá. Continue a ler para saber como tudo acontece e para ficar a saber mais sobre este interessante tema!

 

O que é SEO?

Como o seu significado sugere, a otimização para motores de busca é o processo de preparação do seu website para que os mecanismos de pesquisa, como o Google, o possam ler e assim mostrá-lo a clientes que o procurem. Se o mecanismo de pesquisa não conseguir ler e entender o seu website, este não vai ser tido em conta na hora de apresentar resultados aos potenciais clientes.

O trabalho feito em SEO serve para que os mecanismos de pesquisa mostrem o nosso website sempre que alguém pesquisa algo relacionado com o nosso negócio.

exemplo de pesquisa no google

Sabia que 70% dos usuários da Internet  não passam da primeira página dos resultados dos mecanismos de busca?

Neste momento deve estar a pensar: “Para que tanto esforço para implementar o SEO quando posso facilmente investir algum dinheiro e colocar um anúncio na primeira página?”

Bem, o mesmo estudo diz que 70 a 80% dos usuários ignoram os resultados pagos e preferem clicar nos resultados seguintes. Muitas pessoas já sabem que os anúncios são pagos e, por isso, podem não ser exatamente o que procuram.

 

Como funciona o SEO: 3 passos para alcançar a 1ª página

Se o Google não indexar o seu website, ninguém o vai ver nos resultados de pesquisa.
 

Existem aproximadamente 200 fatores que o Google utiliza para decidir se deve exibir um website na 1ª página dos resultados da pesquisa.

De seguida, vamos explicar como melhorar a probabilidade de os mecanismos de busca listarem o seu website na primeira página de resultados através das suas palavras-chave.

 

1. SEO técnico

Digamos que está a planear comprar uma casa. Uma das primeiras coisas que vai fazer é verificar a localização e acessibilidades, certo?

Da mesma forma, a navegabilidade e rastreamento desempenham um papel importante no SEO do seu website.

Isto significa apenas que um website deve ter uma boa estrutura (devidamente categorizada), para que seja fácil para os usuários e para os mecanismos de busca entenderem o que nele contém.

Outro aspeto importante é que não devemos ter mais de três níveis de páginas. Por outras palavras, os visitantes do website devem ter de clicar no máximo apenas 3 vezes, para encontrarem o que desejam!

A seguir, listamos os três aspetos relacionados com o SEO técnico, e com algumas ideias do que se faz em cada um deles!

 

Mapa do site

O mapa do site é a lista de todas as páginas do seu website, e que vai ajudar o Google a indexar e a ler as suas páginas. Este mapa deve ser criado separadamente e enviado para a Google!

 

Certificado SSL

O Google confirmou que um certificado SSL é um fator importante de classificação dos websites. Porquê? Com o objetivo de fornecer o melhor serviço aos seus usuários, o Google não promove nenhum site que não proteja a privacidade dos dados dos seus visitantes.

Assim, se o seu website não tiver segurança SSL, o Google o vai ver como um website “não seguro”.

Para verificar esta situação deve contactar o seu fornecedor de serviços de hospedagem. E se não tem a certeza se o seu website está protegido por um SSL? Fale com a Digy e descubra!

 

Velocidade e tempo de atividade do website

A velocidade e o tempo de atividade do website (a quantidade de tempo num dia que o website está online e disponível) estão entre os fatores mais importantes do SEO.

Se o seu website estiver inativo a maior parte do tempo, e se medidas corretivas não forem tomadas a tempo, o Google poderá até desindexá-lo. Isto geralmente é um problema de hospedagem, por isso mais uma vez deverá verificar junto do seu fornecedor deste serviço se lhe garantem pelo menos 99,9% de tempo de atividade do site. Se o seu serviço atual não o garantir, considere mudar para um que o garanta.

 

2. SEO interno (on-page)

O segundo passo é garantir as palavras-chave certas no texto do seu website, e também nas imagens!

O SEO interno diz respeito a todas as acções realizadas numa página específica de forma a melhorar o ranking dessa página, quando certas palavras-chave são pesquisadas nos motores de busca. Aqui, são dois os aspectos que mais contam: o conteúdo da página e as palavras-chave. 

Conteúdo

O conteúdo de uma página (os textos, as fotos, os vídeos, etc.) é a espinha dorsal do SEO na página.

Sabe qual é o mote do Google? “Organizar toda a informação e torná-la universalmente acessível e útil.

O Google existe principalmente para agradar as pessoas e apresentar as melhores informações disponíveis na internet.

Se o conteúdo do seu website for de qualidade abaixo da média, não haverá nenhuma técnica de SEO para o colocar nas primeiras posições de resultados. O Google simplesmente não lhe vai conceder tal lugar.

Está a preparar o seu novo website e quer garantir conteúdo escrito por profissionais? Acha que o conteúdo do seu website precisa de ser revisto, agora que sabe um pouco mais sobre como funciona o SEO? Simples. Fale com a Digy!

 

Palavras-chave

As palavras-chave desempenham um papel muito importante no SEO interno. Uma palavra-chave é um termo de pesquisa que as pessoas escrevem no motor de busca, quando pretendem procurar uma informação.

Por exemplo, o proprietário de uma Loja para Animais no Porto utilizaria “loja para animais no Porto” como as suas palavras-chave. Pois será isto que as pessoas vão digitar quando pretenderem encontrar lojas para animais no Porto!

Existem diferentes formas de abordar este tema e perceber quais as melhores palavras-chave para cada uma das páginas do seu website. Garanta o melhor para o seu negócio, fale com a nossa equipa!

 

3. SEO externo (off-page)

O SEO externo tem a ver com links. E existem dois tipos de links: os internos (inbound links) e os externos (outbound links).

Quando alguém, por exemplo num blog, partilha um link para o seu website, falamos de um link interno, ou inbound link.

Por outro lado, quando no seu website você cria um link para outro website, esse vai ser um link externo (outbound link).

Embora os dois tipos de links sejam importantes para o SEO do seu website, há alguns pontos que devemos ter presentes ao aplicar uma estratégia inbound (também conhecida como backlinking) num website.

Credibilidade dos sites que partilham o seu website

Tente sempre garantir que os seus links internos são de websites certificados, também definidos como websites de alta autoridade. Não é bom estar associado a sites que parecem fraudulentos ou ilegais. E o mesmo é válido para os links externos – partilhe links de websites credíveis, com conteúdo útil.)

Se os links são orgânicos ou pagos

A melhor maneira de obter backlinks é obtendo-os naturalmente, de uma forma orgânica e gratuita. Isso acontece quando criamos conteúdo de alta qualidade que é compartilhado e mencionado naturalmente.

Evite métodos desonestos

Investir demasiado em comentários de blog, ou obter links em fóruns, pode ser considerado uma técnica black hat (fraudulenta).

Houve uma altura em que publicar como convidado era uma das formas mais seguras de obter backlinks: as pessoas publicavam artigos nos blogs de outras pessoas (por convite, é claro) e inseriam links para os seus próprios websites nesses artigos. Á medida que esta técnica começou a ser conhecida, o Google manifestou-se e emitiu um aviso sobre tal ação alertando para que não fosse feita, sobre o risco de penalidade!

Boa! Já sabe como funciona o SEO!

SEO é um processo lento que exige tempo e esforço. À medida que são feitas alterações no seu website, os mecanismos de busca começam a reconhecê-los e a subir nas classificações – e é assim que o SEO funciona.

O processo de três etapas que descrevemos é usado por inúmeras pessoas para melhorar a classificação dos seus websites, aumentando assim o número de pessoas que os visitam e encontram os seus serviços ou produtos!

Para terminar deixamos-lhe um convite: leia o artigo Porque o SEO é importante para o seu website?, e fique ainda mais à vontade quando falar sobre como funciona o SEO! Até já!

0 Points